Blog Flores PE News | As Melhores Notícias Estão Aqui

IBOPE: 53% 47%. VOX: 53,4% 46,5%. FOLHA: 52% A 48%



Presidente Dilma Rousseff aparece na frente nas três pesquisas que foram divulgadas nesta noite; no Ibope, sua vantagem é de seis pontos; no Datafolha, de quatro; no Vox Populi, de 6,9 pontos. Ibope coloca a presidente Dilma Rousseff com 53% dos votos, contra 47% do senador Aécio Neves, oscilação ocorreu dentro da margem de erro; na pesquisa anterior, Dilma tinha 54% e Aécio 46%; na pesquisa Datafolha, ela tem tem 52%, contra 48% do senador Aécio Neves, o que configura empate técnico, no limite da margem de erro, que é de dois pontos percentuais para mais ou para menos; na Vox, os números são 53,4% a 46,5%; resultado da disputa presidencial mais emocionante de todos os tempos será conhecido neste domingo, às 20h

 A presidente Dilma Rousseff se mantém à frente nas pesquisas Datafolha e Ibope que acabam de ser divulgadas. No Ibope, ela tem 53%, contra 47% de Aécio, ou seja, uma vantagem de seis pontos, acima da margem de erro, que é de dois pontos.

No Datafolha, Dilma marcou 52% contra 48% de Aécio, o que configura empate técnico no limite da margem de erro. Por esse mesmo critério, os dois candidatos poderiam estar com 50% ou Dilma com 54% e Aécio com 46%.

Na pesquisa Vox Populi, Dilma tem 53,4% contra 46,5% de Aécio Neves.

Leia, abaixo, reportagem anterior do 247 sobre as pesquisas Ibope e Datafolha do dia 23:

DATAFOLHA E IBOPE: DILMA DISPARA SOBRE AÉCIO

Pesquisas que acabam de ser divulgadas pelos maiores institutos apontam candidata do PT à reeleição à frente do postulante do PSDB além da margem de erro pela primeira vez no segundo turno; na Datafolha, Dilma Rousseff marca 53% dos votos válidos, contra 47% para Aécio Neves, uma vantagem de seis pontos; Ibope tem placar de 54% a 46%, diferença de oito pontos; PT avança na reta final, cerca tucanos e leva Dilma ao favoritismo na eleição de domingo

23 DE OUTUBRO DE 2014 ÀS 17:20

247 – Levantamentos divulgados pelos institutos Datafolha e Ibope na tarde desta quinta-feira 23 apontam vantagem de seis e oito pontos, respectivamente, da presidente Dilma Rousseff em relação ao candidato do PSDB, Aécio Neves.


No Datafolha, ela atinge 53% das intenções dos votos válidos, contra 47% do tucano. Em comparação com a última pesquisa, Dilma cresceu um ponto, enquanto Aécio perdeu um.

Em votos totais, Dilma registrou 48%, enquanto Aécio atingiu 42%. Brancos e nulos representaram 5% dos entrevistados. Outros 5% disseram não saber em quem votar.

No Ibope, a presidente cresceu seis pontos em relação à última mostra, da semana passada, e registrou 54% dos votos válidos, ante 46% do adversário.

Considerando os votos totais, Dilma registrou 49% contra 41% de Aécio. Segundo a pesquisa, os indecisos são 3% e 7% responderam que vão votar nulo ou em branco no próximo domingo 26.

Com essa diferença, nos dois levantamentos, a candidata à reeleição pelo PT passa a liderar a disputa à Presidência da República isoladamente, pela primeira vez no segundo turno.

As notícias, que chegaram praticamente juntas ao público, mostrou uma inesperada, para a maioria dos analistas, aceleração da definição do eleitorado. O que se nota é que pesquisa Datafolha divulgada dois dias atrás, na qual Dilma apresentava 52% contra 48% para Aécio, não mostrava um quadro cristalizado, mas sim em evolução. 

A candidatura da presidente mostrou capacidade de crescer um ponto - e talvez este ainda não tenha sido o ponto final da evolução. O teto de Dilma pode ser maior. Da mesma maneira, Aécio corre o risco de encontrar seu piso mais abaixo da atual marca, se não tratar de retomar a iniciativa. O grande problema é que a eleição acontece dentro de três dias, deixando de oferecer tempo para uma virada tucano sobre a virada de Dilma.

A presidente está indo para as urnas na condição de favorita.

Abaixo, reportagens da Agência Brasil sobre as pesquisas:

Datafolha: Dilma tem 48% das intenções de voto e Aécio, 42%

Mariana Tokarnia - Pesquisa Datafolha, finalizada hoje (23), mostra a candidata do PT à reeleição, Dilma Rousseff, com 48% das intenções de votos. Aécio Neves, do PSDB, tem 42%. Assim como na pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira, pela primeira vez no levantamento, Dilma lidera a disputa no segundo turno fora da margem de erro.

Votos brancos e nulos somam 5%, enquanto 5% ainda estão indecisos. Considerados os votos válidos (excluindo-se os brancos, nulos e indecisos), Dilma tem 53% e Aécio, 47%. A pesquisa foi contratada pelo jornal Folha de S.Paulo e pela TV Globo. Na pesquisa anterior, Dilma tinha 47% e Aécio, 43% dos votos totais.

De acordo com o levantamento divulgado hoje, 41% afirmaram não votar em Aécio "de jeito nenhum", enquanto 37% afirmaram não votar em Dilma.

A pesquisa Datafolha ouviu 9.910 eleitores na quarta-feira (22) e na quinta-feira (23). A margem de erro é dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é 95%. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01162/2014.

No primeiro turno, Dilma Rousseff obteve 41,59% dos votos válidos e Aécio Neves recebeu 33,55%. O segundo turno das eleições presidenciais será no próximo domingo (26).

Ibope: Dilma tem 49% e Aécio, 41% das intenções de voto

A pesquisa Ibope divulgada hoje (23) mostra a candidata do PT, Dilma Rousseff, com 49% das intenções de votos. Aécio Neves, do PSDB, tem 41%. Votos brancos e nulos somam 7% e não sabem ou não responderam 3%. Na pesquisa anterior, divulgada no último dia 15, Aécio tinha 45% das intenções de voto e Dilma, 43%. Brancos e nulos somavam 7%. Os que não sabiam ou não responderam, 5%.

No caso dos votos válidos, ou seja, excluídos brancos, nulos e os eleitores que se declaram indecisos, mesmo procedimento utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição, de acordo com o instituto, Dilma aparece com 54% das intenções de votos e Aécio com 46% . Na pesquisa anterior, Aécio tinha 51% e Dilma, 49% dos votos válidos.

Quanto ao percentual de rejeição, de acordo com o Ibope, Aécio tem 42% e Dilma, 36%.

O Ibope ouviu 3.010 eleitores em 203 municípios, entre os dias 20 e 22 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-01168/2014. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal O Estado de S. Paulo.

No primeiro turno das eleições, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Dilma Rousseff obteve 41,59% dos votos válidos e Aécio Neves, 33,55%.

via portal 247

Sede da Veja é pichada em São Paulo



Em protesto contra reportagem da revista 'Veja', cerca de 50 pessoas picharam a sede da editora Abril em São Paulo e espalharam edições picadas da 'Veja' diante do prédio nesta sexta-feira (24). Na calçada e nas paredes da Abril foram escritas as frases 'Veja mente' e 'Fora Veja'.

Após a presidente Dilma Rousseff utilizar o horário eleitoral para criticar a reportagem publicada pela 'Veja', a revista divulgou nota em que negou ter aberto exceção ao antecipar sua distribuição para a antevéspera das eleições presidenciais deste ano.

'Em quatro das últimas cinco eleições presidenciais, VEJA circulou antecipadamente, no primeiro turno ou no segundo', diz o texto distribuído pela revista.

Segundo a nota, os fatos narrados na reportagem ocorreram na terça-feira (21), a apuração sobre eles começou no mesmo dia, mas a revista 'só atingiu o grau de certeza e clareza necessária para publicação' na tarde de quinta.

A 'Veja' também diz que Dilma, ao atacar a revista, criticou o 'mensageiro', mas que o 'cerne do problema' foi produzido pelos fatos 'degradantes' na Petrobras.

A revista termina dizendo que reconhece em Dilma uma defensora da liberdade de imprensa e que espera que essa qualidade não se abale quando são revelados fatos que lhe 'possam ser pessoal ou eleitoralmente prejudiciais'.

Na seção 'Carta ao Leitor' de sua edição desta sexta, a 'Veja' disse que 'não publica reportagens com a intenção de diminuir ou aumentar as chances de vitória desse ou daquele candidato', mas sim para 'aumentar o grau de informação de seus leitores sobre eventos relevantes'. (Da Folha de S.Paulo)

DILMA: CONTRA O GOLPISMO E A PICHAÇÃO À ABRIL



:


Ao participar de ato de campanha, em Porto Alegre (RS), a presidente Dilma Rousseff repudiou a reportagem de Veja deste fim de semana, que foi classificada pelo Tribunal Superior Eleitoral, como "peça de propaganda"; “Eu quero aqui manifestar meu repúdio a esse processo golpístico", disse ela; no entanto, Dilma também condenou a pichação à Editora Abril, ocorrida na noite de ontem; "Só podemos aceitar atos pacíficos"; disse ela; o senador Aécio Neves (PSDB-SP) também reagiu; "Nós assistimos ontem e hoje um atentado contra a democracia", afirmou; advogado Luiz Eduardo Greenhalgh afirmou que os pichadores não eram petistas e sugeriu armação

247 - A "bala de prata" de Veja contra a presidente Dilma Rousseff, classificada como "peça de propaganda" pelo Tribunal Superior Eleitoral (leia aqui), pode produzir novos desdobramentos eleitorais. O motivo: o prédio onde fica a sede da Abril, na Marginal Pinheiros, foi alvo de um ataque na sexta-feira. Com isso, a empresa, que publicou uma denúncia sem provas contra a presidente Dilma, tende a se vitimizar.

A pichação da Abril foi condenada pela própria presidente Dilma Rousseff, alvo de Veja, durante ato de campanha em Porto Alegre (RS). "Lamento qualquer ato de vandalismo. Não concordo. Repudio todas as formas de violência como resposta e discussão política. Isso é uma barbárie, não deve ocorrer. Deve ser proibido. Só podemos aceitar atos pacíficos. Não se faz um país civilizado dessa forma", afirmou a presidente.

No entanto, ela também condenou o que classificou como "golpismo" da revista Veja. “Eu quero aqui manifestar meu repúdio a esse tipo de processo, que é um processo golpístico. Quero dizer que eu tenho uma vida inteira que demonstra o meu repúdio à corrupção. Eu não compactuo com a corrupção, eu nunca compactuei. Quero que provem que eu compactuei com a corrupção e não esse tipo de situação em que se insinua e não tem prova. Nesse caso da Petrobras, ou qualquer outro, que tenha a ver com corrupção, eu vou investigar a fundo, doa a quem doer. Quero dizer que não vai ficar pedra sobre pedra.”

Seu adversário, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), também reagiu. "Nós assistimos ontem e hoje um atentado contra a democracia, contra a liberdade de expressão. Os manifestantes não atingem aquele veículo, atingem o que nós temos de mais valioso que é a liberdade de expressão no Brasil, a liberdade de imprensa. A democracia vive disso: das manifestações. E as contrárias têm que ser respeitadas", disse Aécio.

Para o advogado Luiz Eduardo Greenhalgh, os pichadores não eram petistas e pode ter ocorrido uma "armação" da campanha tucana.

Seja como for, a reportagem de Veja foi uma fraude jornalística. Às vésperas de uma eleição presidencial, a revista acusa sem provas quem vinha liderando a corrida (leia aqui).

TSE ATENDE PT E PROÍBE PROPAGANDA DE CAPA DA VEJA




Reportagem deste fim de semana foi vista pela Justiça como peça de propaganda política; por isso, ministro Admar Gonzaga, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), acatou representação do presidente do PT, Rui Falcão, e concedeu liminar que proíbe a editora Abril, responsável por publicar a revista Veja, de fazer propaganda em qualquer meio de comunicação da reportagem de capa em que acusa a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula de terem conhecimento do esquema de corrupção investigado na Petrobras


247 - O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) concedeu liminar na noite desta sexta-feira (24) que proíbe a editora Abril, responsável por publicar a revista Veja, de fazer propaganda em qualquer meio de comunicação da reportagem de capa em que a publicação acusa a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula de terem conhecimento do esquema de corrupção investigado na Petrobras.

Ontem, o presidente do PT, Rui Falcão, afirmou que o partido entrou com representação no TSE, no Ministério Público Eleitoral (MPE) e no Supremo Tribunal Federal depois da edição.

"A capa da Veja mais parece uma peça eleitoral, uma matéria com um delegado fantasma e que depois é desmentida pelo próprio advogado (de Youssef). Nós não podemos tolerar que continue a ter tanta tentativa de interferência no processo eleitoral através de matérias caluniosas, mentirosas e totalmente sem fundamentos e sem fontes. Nós pedimos ao TSE direito de resposta, por se tratar de matéria inverídica, além de difamatória e caluniosa", disse Rui Falcão.

Em parecer, o procurador-geral Eleitoral, Rodrigo Janot, manifestou-se a favor da campanha da Dilma, sob pena de acarretar "prejuízo irreparável ao equilíbrio e (à) lisura do pleito".

Em sua decisão, o ministro Admar Gonzaga, relator do processo, afirmou que cabe ao TSE "velar pela preservação da isonomia entre os candidatos que disputam o pleito". "Desse modo, ainda que a divulgação da revista Veja apresente nítidos propósitos comerciais, os contornos de propaganda eleitoral, a meu ver, atraem a incidência da legislação eleitoral, por consubstanciar interferência indevida e grave em detrimento de uma das candidaturas", afirmou o ministro.

via www.brasil247.com

IBOPE, SEGUNDO RADAR: DILMA 54%, AÉCIO 46%

:

Pesquisa Ibope, antecipada pelo jornalista Lauro Jardim, apontará a presidente Dilma Rousseff com 54% e o senador Aécio Neves com 46%; "nada mudou entre quinta feira e hoje", diz ele; na pesquisa anterior Datafolha, tinha tinha 53% contra 47% de Aécio; na última sondagem do Ibope, a vantagem era de 54% a 46%; resultado da disputa presidencial mais emocionante de todos os tempos será conhecido neste domingo, às 20h


247 - O resultado da última pesquisa Ibope antes da eleição deste domingo acaba de ser antecipado pelo jornalista Lauro Jardim, da coluna Radar. E... "nada mudou". Se ele estiver correto, Dilma tem 54% e Aécio Neves 46%. Leia abaixo sua nota:


Aécio Neves fez um debate impecável ontem e superou Dilma Rousseff, que teve sua pior participação nestes embates diretos do segundo turno. Mas, de acordo pelo menos com o Ibope, não foi suficiente para virar o jogo.

A nova pesquisa Ibope com as intenções de voto para a Presidência da República, que será divulgada hoje à noite, a última antes da eleição, mostrará que nada mudou entre quinta-feira (leia mais aqui) e hojes aqui) e hoje.

Mais uma vez Dilma Rousseff aparecerá na frente, com uma vantagem acima da margem de erro da pesquisa.

Leia, abaixo, reportagem anterior do 247 sobre as mais recentes pesquisas Ibope e Datafolha:

DATAFOLHA E IBOPE: DILMA DISPARA SOBRE AÉCIO

Pesquisas que acabam de ser divulgadas pelos maiores institutos apontam candidata do PT à reeleição à frente do postulante do PSDB além da margem de erro pela primeira vez no segundo turno; na Datafolha, Dilma Rousseff marca 53% dos votos válidos, contra 47% para Aécio Neves, uma vantagem de seis pontos; Ibope tem placar de 54% a 46%, diferença de oito pontos; PT avança na reta final, cerca tucanos e leva Dilma ao favoritismo na eleição de domingo

23 DE OUTUBRO DE 2014 ÀS 17:20

247 – Levantamentos divulgados pelos institutos Datafolha e Ibope na tarde desta quinta-feira 23 apontam vantagem de seis e oito pontos, respectivamente, da presidente Dilma Rousseff em relação ao candidato do PSDB, Aécio Neves.


No Datafolha, ela atinge 53% das intenções dos votos válidos, contra 47% do tucano. Em comparação com a última pesquisa, Dilma cresceu um ponto, enquanto Aécio perdeu um.

Em votos totais, Dilma registrou 48%, enquanto Aécio atingiu 42%. Brancos e nulos representaram 5% dos entrevistados. Outros 5% disseram não saber em quem votar.

No Ibope, a presidente cresceu seis pontos em relação à última mostra, da semana passada, e registrou 54% dos votos válidos, ante 46% do adversário.

Considerando os votos totais, Dilma registrou 49% contra 41% de Aécio. Segundo a pesquisa, os indecisos são 3% e 7% responderam que vão votar nulo ou em branco no próximo domingo 26.

Com essa diferença, nos dois levantamentos, a candidata à reeleição pelo PT passa a liderar a disputa à Presidência da República isoladamente, pela primeira vez no segundo turno.

As notícias, que chegaram praticamente juntas ao público, mostrou uma inesperada, para a maioria dos analistas, aceleração da definição do eleitorado. O que se nota é que pesquisa Datafolha divulgada dois dias atrás, na qual Dilma apresentava 52% contra 48% para Aécio, não mostrava um quadro cristalizado, mas sim em evolução. 

A candidatura da presidente mostrou capacidade de crescer um ponto - e talvez este ainda não tenha sido o ponto final da evolução. O teto de Dilma pode ser maior. Da mesma maneira, Aécio corre o risco de encontrar seu piso mais abaixo da atual marca, se não tratar de retomar a iniciativa. O grande problema é que a eleição acontece dentro de três dias, deixando de oferecer tempo para uma virada tucano sobre a virada de Dilma.

A presidente está indo para as urnas na condição de favorita.

Abaixo, reportagens da Agência Brasil sobre as pesquisas:

Datafolha: Dilma tem 48% das intenções de voto e Aécio, 42%

Mariana Tokarnia - Pesquisa Datafolha, finalizada hoje (23), mostra a candidata do PT à reeleição, Dilma Rousseff, com 48% das intenções de votos. Aécio Neves, do PSDB, tem 42%. Assim como na pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira, pela primeira vez no levantamento, Dilma lidera a disputa no segundo turno fora da margem de erro.

Votos brancos e nulos somam 5%, enquanto 5% ainda estão indecisos. Considerados os votos válidos (excluindo-se os brancos, nulos e indecisos), Dilma tem 53% e Aécio, 47%. A pesquisa foi contratada pelo jornal Folha de S.Paulo e pela TV Globo. Na pesquisa anterior, Dilma tinha 47% e Aécio, 43% dos votos totais.

Helga Nemeczyk é capa da revista Mais


A Atriz e cantora Helga Nemeczyk tem uma voz rara, atualmente ela divide as gravações do Zorra Totalcom o espetáculo musical 'Lapinha' onde faz Maria Cândida, antagonista da personagem Lapinha, vivida por Isabel Filardes.


Helga Nemezcyk foi capa da revista Mais, na reportagem ela conta um pouco de sua trajetória, que não é curta, são inúmeras peças de teatro, musicais, cinema, TV, a comediante do Zorra Total é formada naWhitechapel's Academy Drama School, uma das principais escolas de arte dramática do mundo, em Londres na Inglaterra


Créditos: Foto: Divulgação / MF Models Assessoria
Fotos em anexo

Divulgação - Assessoria de imprensa









Bandidos explodem agências e furam pneus de viatura em São Gonçalo dos Campos



Na madrugada deste sábado (25), bandidos armados explodiram duas agências, uma do Bando do Brasil e outra da Caixa Econômica na cidade de São Gonçalo dos Campos, no centro norte da Bahia.

De acordo com informações da polícia, além de explodirem os bancos, eles ainda acorrentaram furaram os pneus de viaturas da Polícia Militar. Até o momento ninguém foi preso. A polícia investiga o crime.

via bocaonews.com.br

Fotos: Bocão News

Andressa Ferreira faz ensaio e revela detalhes do sexo com Thammy


Depois de afirmar que o sexo com a namorada Thammy Miranda, foi o melhor da sua vida, a modelo Andressa Ferreira falou ainda mais sobre sua relação sexual com a namorada. As revelações foram durante o ensaio sensual que a morena fez para o Paparazzo, diante das lentes do fotógrafo Marcos Serra Lima.
No bate-papo, Andressa fez questão de ressaltar que sua namorada lhe atende na cama. "A Thammy tem pegada", disparou. Além disso, a morena revelou algumas particularidades do sexo com a filha de Gretchen. "As vezes usamos alguns brinquedinhos e é muito bom", contou. Questionada sobre a repercussão do relacionamento na mídia, a modelo frisou. "Nosso namoro não é marketing".

 


Nas imagens, Andressa aparece bastante provocante e esbanja boa forma. Além das fotos de deixar qualquer marmanjo babando pela morena comprometida, a modelo levou a imaginação dos internautas às nuvens. Ela revelou uma das suas fantasias sexuais. "Tenho vontade de fazer sexo em uma balada", disse. O ensaio fotográfico foi realizado no Rio de Janeiro na última segunda-feira (20).
 


via www.bocaonews.com.br

DESESPERO DA VEJA: REVISTA INVESTE NO TERRORISMO ELEITORAL, MAS JÁ PERDEU TODA A CREDIBILIDADE



A três dias das eleições presidenciais, quando as pesquisas apontam para a vitória da presidenta Dilma Rousseff, a Revista Veja – velha conhecida por atuar como principal veículo de oposição aos governos petistas – chega às bancas com mais uma capa fraudulenta e caluniosa contra Dilma e o ex-presidente Lula.Trata-se da conhecida tática golpista praticada pela revista de tentar manipular a opinião pública, pautar o último debate na TV e influenciar o resultado das eleições.
A capa da publicação mostra Lula e Dilma com a manchete “eles sabiam de tudo” se referindo ao esquema de corrupção denunciado pelo doleiro Alberto Yousseff, por meio de delação premiada, à Polícia Federal. MENTIRA. E como sabemos a mentira é a matéria-prima do golpismo que a Revista lança sempre que os seus candidatos a presidente estão atrás nas pesquisas eleitorais na reta final das campanhas. Surpreendente seria se a Veja se comportasse diferente dessa vez.

O doleiro Yousseff foi preso no começo deste ano, pela Operação Lava Jato da PF, acusado de chefiar um esquema de lavagem de dinheiro e evasão de divisas. O decorrer do processo ocorre em segredo de justiça e as declarações resultantes de delação premiada carecem de comprovação, já que esse tipo de interrogatório serve como peça inicial para investigações mais aprofundadas. As declarações do réu (no caso, o próprio doleiro Yousseff), aliás, precisam ser comprovadas para garantir a ele o direito de ter sua pena reduzida. Mas temos que lembrar que tudo o que “carece de comprovação” ou simplesmente é inventado ou fantasiado ganha contornos de “fato real” na redação oposicionista da Veja.

Vale destacar que, na semana passada, quando todos os jornais acusavam a participação do ex-presidente do PSDB, Sergio Guerra, no esquema de recebimento de propina em que é acusado pelo doleiro Alberto Yousseff, a capa da Revista Veja requentava uma notícia velha, não comprovada e caluniosa, para desviar o foco do assunto. E essa, como já sabemos, não foi a primeira vez. A quem serve, então, a Revista Veja?



Felizmente, os brasileiros já não se deixam enganar por uma revista que há muito tempo jogou fora toda a sua credibilidade. Eles pensam que podem manipular o eleitor com mentiras e desinformação. Estão errados. A democracia brasileira não é exercida nas bancas de jornais, mas nas urnas. E essa verdade está fora do alcance da manipulação da Veja.


Por: Paulo Henrique Amorim

CRIME DE VEJA É GROTESCA FRAUDE JORNALÍSTICA

COMO FAZER SUA MULHER SUBIR PELAS PAREDES DE PRAZER! 5 TÉCNICAS INFALÍVEIS


Em geral os conselhos relacionados ao assunto raramente rendem o sucesso esperado. Mas não é o caso destas cinco técnicas infalíveis. Quer deixar sua parceira "louquinha" de prazer? Comece seguindo estes conselhos. (Atenção: Segredos revelados por uma mulher.)

Técnica nº1 : Mãos Molhadas
Sim, a técnica das mãos molhadas. Certamente a mais popular entre as mulheres. Tão simples. Tão excitante. Feita na cozinha, um dos locais mais eróticos da sua casa. Você vai deixá-la completamente sem fôlego:
Faça sua parceira sentar-se em uma cadeira confortável na cozinha. Certifique-se que ela consegue ver muito bem tudo que você faz.
Encha a pia da cozinha com água e adicione algumas gotas de detergente para louça com aroma. (Existem muitos aromas que podem ser utilizados -maçã, limão, lavanda - escolha o que quiser. Se estiver em dúvida, experimente o 'neutro').
Segurando uma esponja macia , submerja suas mãos na água e sinta sua pele ser envolvida pelo líquido até que a esponja esteja bem molhada..
Agora, movendo-se devagar e gentilmente, pegue um prato sujo do jantar, coloque-o dentro da pia e esfregue a esponja em toda a superfície do prato. Vá esfregando com movimentos circulares até que o prato esteja limpo.
Enxague o prato com água limpa e coloque-o para secar. Repita com toda a louça do jantar até que sua parceira esteja gemendo de prazer.
 
Técnica nº2: Vibrando pela Sala 
Esta técnica utiliza o que para muitas mulheres é considerado um "brinquedinho". É um pouco mais difícil do que a primeira, mas com algum treino você vai fazer com que sua parceira grite de prazer.
Cuidadosamente apanhe o aspirador de pó no lugar onde ele fica guardado. Seja gentil, demonstre a ela que você sabe o que está fazendo.
Ligue-o na tomada, aperte os botões certos na ordem correta.
Vagarosamente vá movendo-se para frente e para trás, para frente e para trás... por todo o carpete da sala. Você saberá quando deve passar para uma nova área.
Vá mudando gradativamente de lugar. Repita quantas vezes seja necessário até atingir os resultados.
 
Técnica n°3 : A Camiseta Molhada 
Este joguinho é bem fácil, embora você precise de mente rápida e reflexos certeiros. Se você for capaz de administrar corretamente a agitação e a vibração do processo, sua parceira falará de sua perfomance a todas as amigas dela.
Você precisará de duas pilhas de roupas sujas. Uma com as roupas brancas, e outra com as coloridas.
Encha a máquina de lavar com água e vá derramando gentilmente o sabão em pó dentro dela (para deixar a mulher ofegante, use exatamente a quantidade recomendada pelo fabricante).
Agora, sensualmente coloque as roupas brancas na máquina... uma de cada vez.... devagar. Feche a tampa e ligue o 'ciclo completo'.
Enquanto você vê sua companheira babar de desejo por você, essa é uma ótima oportunidade para pôr em prática a Técnica nº2.
Ao fim do ciclo, retire as roupas da máquina e estenda-as para secar. Repita a operação com as roupas coloridas..Atenção: Se nesse ponto ela começar a gritar algo como: - "Sim! Sim! Ai! Isso! Ai mesmo! Oh meu Deus! Não pára! Não pára não!" Não pare. Continue até que ela esteja exausta de prazer.

Técnica nº4: O que sobe, desce 
Esta é uma técnica muito rapidinha. Para aqueles momentos em que você quer surpreendê-la com um toque de satisfação e felicidade. Pode ter certeza, ela não vai resistir.
Ao ir ao banheiro, levante o assento do vaso. Ao terminar, abaixe novamente.
Faça isso todas as vezes.
Ela vai precisar de atendimento médico de tanto prazer.
 
Técnica nº5: Gratificação Total 
Cuidado: colocar em prática esta técnica pode levar sua companheira a um tal estado de sublimação que será difícil depois acalmá-la, podendo causar riscos irreversíveis a saúde da mulher.
Esta técnica leva algum tempo para aperfeiçoar. Empenhe-se com afinco. Experimente sozinho algumas vezes durante a semana e tente surpreendê-la numa sexta-feira à noite. Funciona melhor se ela trabalha fora e chega cansada em casa.
Aprenda a fazer uma refeição completa. Seja bom nisso.
Quando ela chegar em casa, convença-a a tomar um banho relaxante (de preferência aromático em uma banheira de água morna que você já preparou).
Enquanto ela está lá, termine o jantar que você já adiantou antes dela chegar em casa.
Após ela estar relaxada pelo banho e saciada pelo jantar, proceda com a Técnica nº1.
Preste atenção nela pois o estado de satisfação será extremamente alto, podendo causar coma repentino.

Bruna Marquezine é flagrada sem sutiã e tenta disfarçar ao ver fotógrafo



Na tarde desta quinta-feira (23), Bruna Marquezine resolveu passear em um shopping na Barra da TIjuca, no Rio de Janeiro, com sua mãe. Até aí tudo normal. Mas, sendo sempre alvo dos paparazzis, a atriz virou notícia ao ser flagrada pelo fotógrafo da Editora Globo bastante à vontade.
A jovem dispensou o sutiã e deixou à mostra os 'faróis acessos', chamando a atenção de quem se aproximava ao usar um vestido 'costa nua' e que também deixava às pernas de fora. Ao notar a presença do fotógrafo, Bruna tentou disfarçar e cobrir os seios com os braços para evitar mais cliques indiscretos. 


Por: Redação Bocão News

Gabi D`Avila, sósia da Flávia Alessandra em ensaio sensual



Conhecida como sósia da Flávia Alessandra, a modelo Gabi D`Avila já fez trabalhos na Multishow como assistente de palco em diversos programas. A gata disse que está solteira, dedicando aos cursos e trabalhando como modelo.

Gabi D`Avila posou essa semana para uma marca de biquini, mostrou que está em forma, mantendo sempre sua alimentação saudável e se dedicando pelo menos um pouquinho a academia.

Créditos: Foto: Divulgação / MF Models Assessoria
Fotos em anexo

Divulgação - Assessoria de imprensa


 

 





DATAFOLHA E IBOPE: DILMA DISPARA SOBRE AÉCIO





Pesquisas que acabam de ser divulgadas pelos maiores institutos apontam candidata do PT à reeleição à frente do postulante do PSDB além da margem de erro pela primeira vez no segundo turno; na Datafolha, Dilma Rousseff marca 53% dos votos válidos, contra 47% para Aécio Neves, uma vantagem de seis pontos; Ibope tem placar de 54% a 46%, diferença de oito pontos; PT avança na reta final, cerca tucanos e leva Dilma ao favoritismo na eleição de domingo


247 – Levantamentos divulgados pelos institutos Datafolha e Ibope na tarde desta quinta-feira 23 apontam vantagem de seis e oito pontos, respectivamente, da presidente Dilma Rousseff em relação ao candidato do PSDB, Aécio Neves.

No Datafolha, ela atinge 53% das intenções dos votos válidos, contra 47% do tucano. Em comparação com a última pesquisa, Dilma cresceu um ponto, enquanto Aécio perdeu um.

Em votos totais, Dilma registrou 48%, enquanto Aécio atingiu 42%. Brancos e nulos representaram 5% dos entrevistados. Outros 5% disseram não saber em quem votar.

No Ibope, a presidente cresceu seis pontos em relação à última mostra, da semana passada, e registrou 54% dos votos válidos, ante 46% do adversário.

Considerando os votos totais, Dilma registrou 49% contra 41% de Aécio. Segundo a pesquisa, os indecisos são 3% e 7% responderam que vão votar nulo ou em branco no próximo domingo 26.

Com essa diferença, nos dois levantamentos, a candidata à reeleição pelo PT passa a liderar a disputa à Presidência da República isoladamente, pela primeira vez no segundo turno.

As notícias, que chegaram praticamente juntas ao público, mostrou uma inesperada, para a maioria dos analistas, aceleração da definição do eleitorado. O que se nota é que pesquisa Datafolha divulgada dois dias atrás, na qual Dilma apresentava 52% contra 48% para Aécio, não mostrava um quadro cristalizado, mas sim em evolução. 

A candidatura da presidente mostrou capacidade de crescer um ponto - e talvez este ainda não tenha sido o ponto final da evolução. O teto de Dilma pode ser maior. Da mesma maneira, Aécio corre o risco de encontrar seu piso mais abaixo da atual marca, se não tratar de retomar a iniciativa. O grande problema é que a eleição acontece dentro de três dias, deixando de oferecer tempo para uma virada tucano sobre a virada de Dilma.

A presidente está indo para as urnas na condição de favorita.

Abaixo, reportagens da Agência Brasil sobre as pesquisas:

Datafolha: Dilma tem 48% das intenções de voto e Aécio, 42%

Mariana Tokarnia - Pesquisa Datafolha, finalizada hoje (23), mostra a candidata do PT à reeleição, Dilma Rousseff, com 48% das intenções de votos. Aécio Neves, do PSDB, tem 42%. Assim como na pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira, pela primeira vez no levantamento, Dilma lidera a disputa no segundo turno fora da margem de erro.

Votos brancos e nulos somam 5%, enquanto 5% ainda estão indecisos. Considerados os votos válidos (excluindo-se os brancos, nulos e indecisos), Dilma tem 53% e Aécio, 47%. A pesquisa foi contratada pelo jornal Folha de S.Paulo e pela TV Globo. Na pesquisa anterior, Dilma tinha 47% e Aécio, 43% dos votos totais.

De acordo com o levantamento divulgado hoje, 41% afirmaram não votar em Aécio "de jeito nenhum", enquanto 37% afirmaram não votar em Dilma.

A pesquisa Datafolha ouviu 9.910 eleitores na quarta-feira (22) e na quinta-feira (23). A margem de erro é dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é 95%. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01162/2014.

No primeiro turno, Dilma Rousseff obteve 41,59% dos votos válidos e Aécio Neves recebeu 33,55%. O segundo turno das eleições presidenciais será no próximo domingo (26).

Ibope: Dilma tem 49% e Aécio, 41% das intenções de voto

A pesquisa Ibope divulgada hoje (23) mostra a candidata do PT, Dilma Rousseff, com 49% das intenções de votos. Aécio Neves, do PSDB, tem 41%. Votos brancos e nulos somam 7% e não sabem ou não responderam 3%. Na pesquisa anterior, divulgada no último dia 15, Aécio tinha 45% das intenções de voto e Dilma, 43%. Brancos e nulos somavam 7%. Os que não sabiam ou não responderam, 5%.

No caso dos votos válidos, ou seja, excluídos brancos, nulos e os eleitores que se declaram indecisos, mesmo procedimento utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição, de acordo com o instituto, Dilma aparece com 54% das intenções de votos e Aécio com 46% . Na pesquisa anterior, Aécio tinha 51% e Dilma, 49% dos votos válidos.

Quanto ao percentual de rejeição, de acordo com o Ibope, Aécio tem 42% e Dilma, 36%.

O Ibope ouviu 3.010 eleitores em 203 municípios, entre os dias 20 e 22 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-01168/2014. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal O Estado de S. Paulo.

No primeiro turno das eleições, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Dilma Rousseff obteve 41,59% dos votos válidos e Aécio Neves, 33,55%.

Prefeitura de Flores constrói mais rede de esgoto



A secretaria de Infraestrutura de Flores, está concluindo a construção de 150 metros de rede de esgoto na rua Pereira Passos, do bairro Vila Nova. O serviço foi realizado com canos de PVC de 150 mm.

É uma antiga solicitação dos moradores da rua Pereira Passos, atendida pelo governo municipal e, obviamente, importante, pois acabará com o problema crônico do mau cheiro e do grande risco de transmissão de doenças.


Governo de Flores – Uma vida melhor para todos.






DATAFOLHA: DILMA AVANÇA EM TODAS AS CLASSES SOCIAIS



Em análise, Mauro Paulino, diretor-geral do instituto de pesquisa, afirma que, se no primeiro momento, o segmento intermediário da classe média foi o responsável por desequilibrar a disputa a favor da presidente, sua liderança atual reflete o crescimento das intenções de voto tanto nos estratos mais ricos quanto nos mais pobres; ao mesmo tempo, diz que participação do tucano Aécio Neves nas classes mais altas, de onde extrai a maior parte de seus votos válidos, caiu significativamente


247 – Diante da guinada da presidente Dilma Rousseff, que abriu nesta quinta-feira seis pontos de vantagem sobre o tucano Aécio Neves, Mauro Paulinho, diretor geral do Datafolha, e Alessandro Janoni, diretor de pesquisas, constatam que a candidata à reeleição avançou em todas as classes sociais.

“Se no primeiro momento, o segmento intermediário da classe média foi o responsável por desequilibrar a disputa a favor da presidente, sua liderança atual reflete o crescimento das intenções de voto tanto nos estratos mais ricos quanto nos mais pobres”, afirmam.

Já a participação do tucano Aécio Neves nas classes mais altas, de onde extrai a maior parte de seus votos válidos, caiu significativamente.

Na primeira pesquisa realizada após o primeiro turno, Aécio alcançava 74% entre os integrantes da classe alta e 67% entre os da média alta. Hoje, essas taxas correspondem a 64% e 58%, respectivamente.

Além disso, dizem que agora percebe-se que em comparação com o levantamento de duas semanas atrás, o tucano perdeu oito pontos no Rio e seis em São Paulo. Minas, nesse período, apesar de oscilações, ficou estável, dividida entre os dois (leia mais).

via brasil247.com



ADVOGADO DE DOLEIRO: VEJA MENTIU SOBRE DILMA




O advogado Antonio Figueiredo Basto, que comanda a defesa do doleiro Alberto Youssef, afirma que desconhece o depoimento de seu cliente que ancora a capa de Veja, publicada ontem, em edição extra; “Eu nunca ouvi nada que confirmasse isso (que Lula e Dilma sabiam do esquema de corrupção na Petrobras). Não conheço esse depoimento, não conheço o teor dele. Estou surpreso”, afirmou; "Estamos perplexos e desconhecemos o que está acontecendo"; tentativa de golpe contra a democracia é manobra da revista conduzida pelo jornalista Eurípedes Alcântara e pelo executivo Fábio Barbosa, que comanda a Abril, no lugar dos Civita; jornalismo brasileiro atinge seu momento mais torpe

247 - A tentativa de golpe da Editora Abril contra a democracia brasileira não durou um dia. Menos depois de 24 horas após circular com uma edição extra, acusando a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula de "saberem de tudo" sobre o esquema denunciado na Petrobras, o "depoimento" do doleiro Alberto Youssef foi desmentido por ninguém menos que seu próprio advogado, o criminalista Antonio Figueiredo Basto.

“Eu nunca ouvi nada que confirmasse isso (que Lula e Dilma sabiam do esquema de corrupção na Petrobras). Não conheço esse depoimento, não conheço o teor dele. Estou surpreso”, afirmou Basto. “Conversei com todos da minha equipe e nenhum fala isso. Estamos perplexos e desconhecemos o que está acontecendo. É preciso ter cuidado porque está havendo muita especulação”, alertou o advogado.

A edição de Veja foi antecipada para esta quinta-feira para tentar interferir na sucessão presidencial, sobrepondo-se à soberania popular. Ontem, pesquisas Ibope e Datafolha confirmaram a liderança da presidente Dilma Roussef nas pesquisas eleitorais (leia aqui).

Os responsáveis diretos pelo atentado à democracia cometido pela Editora Abril são o diretor de Redação de Veja, Eurípedes Alcântara, o executivo Fábio Barbosa, que conduz a gestão da empresa, além dos acionistas da família Civita. Conduziram o jornalismo brasileiro a seu momento mais irresponsável, mais vil e mais torpe.

via brasil247.com

Gracyanne Barbosa tentou tirar o posto da Rainha de Bateria da Porto da Pedra

Saiu no Extra que a Gracyanne Barbosa tentou tirar o posto da Rainha de Bateria da Porto da Pedra e colecionadora de títulos de beleza Bianca Leão.


Em conversa com Bianca Leão, que foi Rainha de Bateria da escola em 2014 e será agora em 2015, ela nos conta que ficou sabendo dessa notícia através de sua assessoria e recebeu ligação de seu pai.

-"Não há possibilidade disso acontecer, a consideração que a escola tem por mim é muito grande, o povo de São Gonçalo jamais permitiria isso., jamais vou disputar com ninguém, se ela quiser, tenta a sorte!"

Sobre murmurinhos de que Bianca Leão teria cobrido a oferta de Gracyanne Barbosa, Bianca responde:

"Não cobri oferta alguma, nem sei de valores ofertados, nem sabia dessa história de que alguém teria tentado comprar minha vaga, minha vaga não tem preço, dê uma volta em São Gonçalo e pergunta ao povo se aprovaria isso, em Niterói também, já me chamaram até para entrar na política por lá."

Matéria no Extra

Créditos: Foto: Divulgação / MF Models Assessoria

Fotos em anexo e em google drive


 


PML: GOLPE DE VEJA FORÇARÁ DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA




Tentativa canhestra e mal ensaiada de interferir no processo democrático, com uma edição antecipada para tentar solapar a soberania popular, exige que a presidente Dilma Rousseff discuta a sério a democratização dos meios de comunicação em seu provável segundo mandato, argumenta Paulo Moreira Leite, diretor do 247, em Brasília; "o golpe da semana só fará aumentar o número de cidadãos e de instituições convencidos de que a sobrevivência da democracia brasileira depende, entre outras coisas, que se cumpra a legislação que regula o funcionamento econômico da mídia", diz ele; atitude criminosa de Veja, a 48 horas de uma eleição, merece resposta institucional

247 - A tentativa criminosa da revista Veja de solapar a democracia brasileira, a 48 horas do segundo turno da disputa presidencial, merece uma resposta institucional: a democratização dos meios de comunicação no Brasil.

Quem argumenta é Paulo Moreira Leite, diretor do 247 em Brasília e ex-diretor de Veja – de um tempo em que isso não envergonhava jornalistas.

No artigo "Uma farsa óbvia e mal ensaida", ele expõe suas razões:

"O mais novo vazamento de trechos dos múltiplos depoimentos do doleiro Alberto Yousseff expressa uma tradição vergonhosa pela finalidade política, antidemocrática pela substância. Não, meus amigos. Não se quer informar a população a partir de dados confiáveis. Também não se quer contribuir com um único grama para se avançar no esclarecimento de qualquer fato comprometedor na Petrobrás. Sequer o advogado de Yousseff reconhece os termos do depoimento. Tampouco atesta sua veracidade sobre a afirmação de que Lula e Dilma sabiam das “tenebrosas transações” que ocorriam na empresa, o que está dito na capa da revista.

Para você ter uma ideia do nível da barbaridade, basta saber que, logo no início, admite-se que só muito mais tarde, através de uma investigação completa,que ninguém sabe quando irá ocorrer, nem quando irá terminar, “se poderá ter certeza jurídica de que as pessoas acusadas são culpadas.”

Não é só. Também se admite que Yousseff “não apresentou provas do que disse.”

Precisa mais? Tem mais.

Não se ouviu o outro lado com a atenção devida, nem se considerou os argumentos contrários com o cuidado indispensável numa investigação isenta.

O que se quer é corromper a eleição, através de um escândalo sob encomenda, uma farsa óbvia e mal ensaiada. Insinua o que não pode dizer, fala o que não pode demonstrar, afirma o que não conferiu nem pode comprovar."

Detalhe importante: o "depoimento" do doleiro já foi desmentido por seu próprio advogado (leia mais aqui). Diante do crime eleitoral cometido pela revista Veja, que representa um atentado à própria democracia, o que fazer? O único caminho é discutir, a sério, a regulamentação dos meios de comunicação. Eis mais um trecho do texto de Paulo Moreira Leite:

"Com esse comportamento, a mídia brasileira prepara o caminho de sua destruição na forma que existe hoje. Como se não bastasse os números vergonhosos do Manchetômetro, que demonstram uma postura parcial e tendenciosa, o golpe da semana só fará aumentar o número de cidadãos e de instituições convencidos de que a sobrevivência da democracia brasileira depende, entre outras coisas, que se cumpra a legislação que regula o funcionamento econômico da mídia. Está claro que este será um debate urgente a partir de 2015."

via brasil247.com